BLOG DO MATHEUS

Esse é o Matheus...ele tem síndrome de west,paralisia cerebral,microcefalia e é deficiente visual...Não vê,não fala,não anda,não senta...mas sabe transmitir amor...

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Leucocitos na urina

São muitas as pessoas que possuem dúvidas quanto à presença de leucócitos na urina, isto é, qual é o seu significado? No entanto, antes que você entenda este, é preciso que você primeiramente saiba o que é leucócitos, desta forma, você sabe o que é? Leucócitos são células sanguíneas brancas, também conhecidas como glóbulos brancos, os quais são produzidos pela medula óssea e estão presentes no sangue, órgãos linfóides, linfa e outros tecidos conjuntivos. Uma pessoa adulta normal possui cerca de 3.800 a 9.800 mil leucócitos por microlitro de sangue, ou seja, por milímetro cúbico. Os leucócitos tem como finalidade combater os microorganismos causadores de doenças através da captura ou da produção de anticorpos, assim com o aumento de glâglios, sobretudo, aqueles presente abaixo da pele, revela-se a existência de uma infecção em ação, em alguma região do corpo. Desta forma, não são como as células normais do corpo, já que atuam como organismos vivos unicelulares e independentes que tem a capacidade de se mover e capturar coisas por conta própria.

As células se mantêm de forma semelhante com as amebas, pois em seus movimentos possuem a capacidade de absorver bactérias e outras células, sendo que algumas delas podem se dividir e se reproduzir por conta própria, mas são produzidas pela medula óssea. Geralmente, uma pessoa produz aproximadamente 100 milhões de leucócitos por dia. Desta forma, quando há a presença de leucócitos na urina, a mesma encontra-se infectada. Como já dito, é válido reforçar que as demais células do corpo são produzidas pela medula óssea, enquanto os leucócitos se reproduzem sozinhas, as quais são divididas em três classes: monócitos, linfóticos e granulócitos. Os monócitos possuem 7% dos leucócitos, os quais se transformam em macrófafos. Já os linfócitos são compostos por 40% dos leucócitos, enquanto os granulócitos são constituídos de 60% de todos os leucócitos.

A medula óssea produz as células chamadas de células tronco, as quais são células genéricas que se transformam em leucócitos. Assim, é através do teste de urina, um exame indolor e de simples coleta, que é possível realizar uma avaliação da urina, podendo identificar pistas de grande importância relacionadas a doenças sistemáticas, como urinocultura ou urocultura, urina de 24 horas, e EAS (elementos anormais do sedimento) ou urina tipo I.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário